sexta-feira, 19 de outubro de 2007

Aplicações e Benefícios

  • O ácido que é produzido na fermentação azeda ajuda a conservar os alimentos. Nos mingaus fermentados, os ácidos principais são os lácticos e acéticos.

  • Na Tanzânia, as crianças que comem mingau fermentado têm menos diarréias do que as crianças que comem mingau não fermentado. O mingau é contaminado freqüentemente com bactérias que causam a diarréia devido à água impura ou à falta de higiene. A fermentação ajuda a reduzir a contaminação porque estas bactérias nocivas não podem multiplicar-se tão facilmente em alimentos fermentados.


  • A Penicilina é um antibiótico que destrói muitas bactérias causadoras de doenças. É derivado de um mofo que cresce em uma mistura fermentativa de substâncias cuidadosamente selecionadas para este propósito. A Penicilina industrial e muitos outros antibióticos se tornaram uma área muito importante da indústria farmacêutica.

  • A fermentação melhora a absorção de nutrientes importantes, especialmente ferro e zinco.

  • A fermentação melhora o conteúdo protéico e adiciona vitaminas e minerais.



  • Um produto de fermentação, Terramicina, é adicionado a rações animais para acelerar o crescimento dos animais e os proteger de doenças.

  • Muitas pessoas preferem o sabor dos alimentos fermentados. Alguns dizem que o sabor azedo ajuda a recuperar o apetite quando as pessoas estão doentes.

  • A fermentação reduz a toxina (cianeto) que está naturalmente presente na mandioca, especialmente nas variedades amargas. A maneira tradicional de fazer gari e farinha ralando-se a mandioca e deixando-a de molho em água para fermentar é uma maneira inteligente de permitir que o ácido libere a toxina. O benefício desta prática foi apreciado pelos nossos ancestrais, apesar de que esta ‘ciência’ só foi conhecida recentemente.


  • O Ácido cítrico é uma das muitas substâncias químicas produzidas por microorganismos.É usado em limpadores de metal e como um preservativo e agente de sabor em alimentos. O Ácido cítrico é responsável pelo sabor azedo de frutas cítricas. Poderia ser obtido delas, mas seria necessárioum número muito alto de frutos para produzir a quantia de ácido cítrico atualmente feita pela fermentação de melado com o mofo Aspergillus niger.

  • As leveduras e algumas bactérias fermentam açúcares, produzindo álcool etílico e gás carbônico, processo denominado fermentação alcoólica. O homem utiliza os dois produtos dessa fermentação: o álcool etílico, empregado há milênios na fabricação de bebidas alcoólicas e o gás carbônico, importante na fabricação do pão, um dos mais tradicionais alimentos da humanidade.

  • Os lactobacilos (bactérias presentes no leite) executam a função láctica, em que o produto final é o ácido láctico. Para isso eles utilizam, como ponto de partida, a lactose, o açúcar do leite. O sabor azedo do leite fermentado se deve ao ácido láctico formado e eliminado pelos lactobacilos. O abaixamento do pH (aumento de acidez) causado pelo ácido láctico provoca a coagulação das proteínas do leite e a formação do coalho, usado na fabricação de queijos e iogurtes.


  • As acetobactérias provocam o azedamento do vinho e dos sucos e frutas, sendo responsáveis pela produção do vinagre.

10 comentários:

Newsdodia disse...

Olá, eu gostaria de dizer que o seu blog serviu muito para me esclarecer algumas duvidas que eu tinha quanto a Fermentação, Aeróbica e Anaeróbica.
E até mesmo, explicar-me qual era a função dos fungos nos alimentos e bebidas álcoolicas.

maria disse...

me ajudou muito também!!!

Anônimo disse...

pode citar os artigos , liros ou sites que enontrou o conteudo ?

Anônimo disse...

pode citar os artigos?livros ou sites??

Anônimo disse...

me ajudou bastante este blog!

casual disse...

eu queria saber mais sobre o processo quimico que ocorre nas fermentacoes. obrigado

FernandoRabelo disse...

Olá, Júlia, gostei muito de suas considerações sobre fermentação. Ocorre que procuro entendimento sobre fabriação caseira de licores - fabricá-los é hobby meu -e pensei que talvez você ou algum de seus leitores ou leitoras pudessem descrever ou analisar o processo químico que ocorre na obtenção de licores em que na receita constam apenas os ingredientes açúcar e a fruta. Por exemplo açúcar e cascas de abacaxi. A mistura deve ficar armazenada em recipiente hermeticamente fechado, ao abrigo da luz, por período de 12 dias. Não há adição de álcool ou bebida alcóolica.
O que ocorre, químicamente, nesse processo de geração do lícor de abacaxi?
Agradeço muito qualquer informação.

Anônimo disse...

Me ajudou muito comparando aos outros sites q pesquisei!

Anônimo disse...

External marketing anF branFing is inconsistent with what people working insiFe the company experience every Fay about the job. This increases "the snicker Factor," Feepens cynicism, anF emotionally Fisconnects the staFF Felivering the services From their organization. So customers see a big gap between their expectations set by the company's marketing anF aFvertising eFForts anF the actual proviFer experience..
SlipStreaming in the marketing worlF is similar. You associate your marketing message with an alreaFy well-known visual, auFitory, or conceptual element that proviFes instant recognition anF Familiarity but with your own twist. The Familiarity aspect equates [url=http://www.germanylovelv.com/]louis vuitton knolckoffs[/url]
the racer sitting behinF the leaFer conserving resources, while the twist proviFes the marketing momentum http://www.germanylovelv.com/
push past the competition..
|

Anônimo disse...

Obg me ajudou muito grata